quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A tela

"A minha vida é uma tela que Deus me deu as cores e eu escolho o que eu pinto nesta tela...
Uma tela pode ser agradável aos olhos, uma tela pode não ser agradável aos olhos, tudo depende da escolha das cores, dos traços que a gente permite...
E a vida é assim, nós não pintamos a tela sozinhos. Cada pessoa que você permite que entre na sua vida, trará um detalhe para a pintura que é a sua vida...
Cada pessoa que você permite que entre, que fale uma palavra, que diga alguma coisa que você acredita...
As pessoas entram dentro de nós, através das palavras...através de olhares...
A gente acredita nos olhares...a gente acredita no que nos foi dito...
E no momento em que a palavra é interpretada por mim, eu internalizo aquela pessoa, a palavra vem pra dentro de mim, a pessoa vem pra dentro de mim e isso é permitir que o outro coloque detalhes na minha tela...
Você tá pintando, e você está permitindo que outras pessoas coloquem detalhes nesta tela. Isso é definitivo."

Fábio de Melo

Nenhum comentário: