quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Justiça


Se a injustiça te visita e,
olhos marejados denunciam tua
triste dor,
erga tua cabeça e confia.

Se as regras parecem valer só para você e,
isso te causa a dor,
encha teu coração de esperança e prossiga.


Se teu malfeitor parece beneficiado
com a injustiça que te faz,
tranqüilize-se e siga em frente.


As vezes assim são as coisas,
parecem sem valores os princípios,
e parece sem contexto a justiça,
mera tolice...


Saiba que nada é oculto aos olhos do Criador,
e que a justiça divina alcança
sempre seus objetivos,
ela não é tardia
ela sempre oferece
tempo de mudança ao infrator,
por amor.


E pelo mesmo amor divino
a justiça vai visitar-te
oferecendo o prêmio da tua tolerância
assim é o caminho do Senhor.


Ainda que para nós outros
muito melhor é o findar da injustiça
do que a punição do infrator,
ainda assim a justiça não faltará.


E, se por ventura temes
eventual injustiça cometida,
também confie,
pois que os frutos do amor
perdoam muito dos pecados.


Nenhum comentário: