quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Acredite em você!


Não importa o que o mundo diz a teu respeito…
O importante são seus sonhos.
Não importa o que você é…
Importa o que você quer ser.
Não importa onde você está…
Importa para onde você quer ir.
Não importa o porquê…
O importante é o querer.
Não importa suas mágoas…
O que importa são suas alegrias.
Não importa o que já passou…
O passado? Guarde na sua lembrança.
Nunca pense em julgar.
Não veja, olhe…
Não escute, ouça…
Não toque, apenas sinta…
Acredite naquilo que você quer.
E não adianta você sonhar se você não lutar.
voce é um espelho para O mundo.
Portanto, não seja só o seu reflexo.
Acredite num belo futuro porque Deus tudo pode .
Você conseguirá a paz… para alcançar seus sonhos.
Afinal, o que importa?
Você importa.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Um dia alegre e o outro... também!



Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.

Habacuque 3:17,18 

 


Quando se fala em alegria, só se vêm à cabeça motivos para estar sempre rindo. E geralmente estes motivos são externos, é algo de fora para dentro.

É um filme engraçado, é um “mico “que se paga, é uma piada nova (mas inocente), é a lembrança de algo engraçado que aconteceu com nossos avós e que os nossos pais tenham contado... E por aí vai.


Mas não há nada de alegre e não há nenhuma felicidade em pessoas que se sentem felizes enquanto estão em um ambiente que proporcione isso. Por exemplo: você mesmo já esteve em algum lugar muito legal, onde se divertisse bastante, risse até não acabar mais, todos achando que você está no auge da felicidade, até você mesmo, e quando aqueles momentos terminam, e você olha para o seu coração, ele continua “sério”?


Para mim, a felicidade está essencialmente ligada à segurança, à tranquilidade. A alegria é um sentimento que deve brotar no coração, e em um coração que tenha a certeza de que, independentemente do que se passa no exterior, o que está no seu interior é maior.

Mas o que eu queria que ficasse registrado não era o desabafo, e sim a tranquilidade e a alegria que está em meu coração, porque eu sei em Quem tenho crido; Ele tem sido minha força, meu refúgio, minha salvação. Tem sido o motivo da minha alegria.

Gostaria que todos sentissem essa paz estranha de ser explicada, essa alegria enorme e irracional dentro do coração quando tudo em volta diz que não vai dar, que não tem jeito, que é o fim. Paz que excede a todo entendimento e que está em Cristo Jesus.

E é assim que tenho me sentido há tempos. Feliz por dentro, sabendo que as coisas externas são contribuições para que eu seja aperfeiçoada e viva uma alegria verdadeira, a ponto de transbordar e alcançar o que está à minha volta. Igual a leite quando ferver e entorna.


fonte

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Quem sou eu?



Quem Sou Eu?



Quem sou eu?
Pra que o Deus de toda terra
Se preocupe com meu nome
Se preocupe com minha dor


Quem sou eu?
Pra que a Estrela da manhã
Ilumine o caminho
Deste duro coração


Não apenas por quem sou
Mas porque Tu és fiel
Nem por tudo o que eu faça
Mas por tudo o que Tu és


Eu sou como um vento passageiro
Que aparece e vai embora
Como onda no oceano
Assim como o vapor


E ainda escutas quando eu chamo
Me sustentas quando eu clamo
Me dizendo quem eu sou


Eu sou Teu
Eu sou Teu


Quem é você?

Quem sou eu?
Pra ser visto com amor
Mesmo em meio ao pecado
Tu me fazes levantar


Quem sou eu?
Pra que a voz que acalma o mar
E acaba com a tormenta
Que se faz dentro de mim


Não apenas por quem sou
Mas porque Tu és fiel
Nem por tudo o que eu faça
Mas por tudo o que Tu és


Eu sou como um vento passageiro
Que aparece e vai embora
Como onda no oceano
Assim como o vapor


E ainda escutas quando eu chamo
Me sustentas quando eu clamo
Me dizendo quem eu sou


Eu sou Teu

Eu sou Teu

Não apenas por quem sou
Mas porque Tu és fiel
Nem por tudo o que eu faça
Mas por tudo o que Tu és


Eu sou como um vento passageiro
Que aparece e vai embora
Como onda no oceano
Assim como o vapor


E ainda escutas quando eu chamo
Me sustentas quando eu clamo
Me dizendo quem eu sou


Eu sou Teu

Eu sou Teu

Eu sou Teu Senhor!
Jesus eu sou Teu
Eu dependo de Ti
Me abraça Senhor
A quem temerei?
A quem temerei?
Se eu sou Teu
Eu sou Teu…