quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Um dia alegre e o outro... também!



Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.

Habacuque 3:17,18 

 


Quando se fala em alegria, só se vêm à cabeça motivos para estar sempre rindo. E geralmente estes motivos são externos, é algo de fora para dentro.

É um filme engraçado, é um “mico “que se paga, é uma piada nova (mas inocente), é a lembrança de algo engraçado que aconteceu com nossos avós e que os nossos pais tenham contado... E por aí vai.


Mas não há nada de alegre e não há nenhuma felicidade em pessoas que se sentem felizes enquanto estão em um ambiente que proporcione isso. Por exemplo: você mesmo já esteve em algum lugar muito legal, onde se divertisse bastante, risse até não acabar mais, todos achando que você está no auge da felicidade, até você mesmo, e quando aqueles momentos terminam, e você olha para o seu coração, ele continua “sério”?


Para mim, a felicidade está essencialmente ligada à segurança, à tranquilidade. A alegria é um sentimento que deve brotar no coração, e em um coração que tenha a certeza de que, independentemente do que se passa no exterior, o que está no seu interior é maior.

Mas o que eu queria que ficasse registrado não era o desabafo, e sim a tranquilidade e a alegria que está em meu coração, porque eu sei em Quem tenho crido; Ele tem sido minha força, meu refúgio, minha salvação. Tem sido o motivo da minha alegria.

Gostaria que todos sentissem essa paz estranha de ser explicada, essa alegria enorme e irracional dentro do coração quando tudo em volta diz que não vai dar, que não tem jeito, que é o fim. Paz que excede a todo entendimento e que está em Cristo Jesus.

E é assim que tenho me sentido há tempos. Feliz por dentro, sabendo que as coisas externas são contribuições para que eu seja aperfeiçoada e viva uma alegria verdadeira, a ponto de transbordar e alcançar o que está à minha volta. Igual a leite quando ferver e entorna.


fonte

3 comentários:

Eder Barbosa de Melo disse...

O coração alegre aformoseia o rosto, a alegria do Senhor é a nossa força, esse texto é muito reconfortante, mesmo que enxergando certa beleza na melancolia. Parabéns pelo ótimo conteudo do blog. Conheci via twitter e já estou seguindo, convido-te a conhecer o http://recortecotidiano.blogspot.com se quiser nos seguir será uma honra. Abraço!

Pra.Thaís Itaborahy disse...

A paz do Senhor, conheci teu blog através de um amigo.
A alegria do Senhor tem sido a nossa força, mesmo em momentos que parecem ser difíceis, Deus jamos nos abandona.
Bjim Pra.Thaís
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Letícia Medeiros disse...

Muito fofo o blog... seguindo aki...
se puder segui o meu!
Bjs :*