sábado, 17 de março de 2012

SILÊNCIOS E PALAVRAS!









 






Não diga as coisas com pressa. Mais vale um silêncio certo que uma palavra errada. Demora naquilo que você precisa dizer. Livre-se da pressa de querer dar ordens ao mundo. É mais fácil a gente se arrepender de uma palavra que de um silêncio.

Palavra errada, na hora errada, pode se transformar em ferida naquele que disse, e também naquele que ouviu. Em muitos momentos da vida o silêncio é a resposta mais sábia que podemos dar a alguém.

Por isso, prepara bem a palavra que será dita. Palavras apressadas não combinam com sabedoria. Os sábios preferem o silêncio. E nos seus poucos dizeres está condensada uma fonte inesgotável de sabedoria.

Não caia na tentação do discurso banal, da explicação simplória. Queira a profundidade da fala que nos pede calma. Calma para dizer, calma para ouvir.

Hoje, neste tempo de palavras muitas, queiramos a beleza dos silêncios poucos.
 Fábio de Melo

terça-feira, 6 de março de 2012

Com o tempo....

Com o tempo você descobre que estar rodeado de pessoas não significa que todas elas se importem contigo. Você descobre quem está usando uma máscara e quem realmente é de verdade. Você descobre que a vida tem dois lados e se abre para novas experiências, novas pessoas. Com o tempo você muda. O tempo seca suas lágrimas e coloca sorrisos no lugar destas. O tempo faz com que apareçam novas chances, novos objetivos. O tempo transforma sua vida, é só ter paciência para esperar e crer em Deus.