domingo, 21 de outubro de 2012

Um dia...

“Um dia alguém vai se apaixonar
pelo seu sorriso torto. Alguém vai
precisar ouvir a sua voz antes de
dormir e querer o seu bom dia para
começar bem. Um dia alguém irá
querer carregar as suas dores
consigo e trazer um pouco de alívio.
Esse alguém também irá aceitar as
suas falhas, pedoar os seus maus
entendidos e respeitar os seus
silêncios mesmo que não entenda.
Alguém com quem você poderá até
ter… brigas exageradas, mas nunca
irá embora. Alguém cuja a palma
da mão, você terá decorado cada
detalhe e cravado a marca dos seus
dedos entrelaçados. Um alguém fará
você chorar e vice-versa, porém,
terá um abraço que acolherá todos
os erros. Alguém que talvez te odeie
um dia e ame no outro - ou no
mesmo -, mas que invada
diariamente o seu corpo de
sensações únicas. Um alguém que te
leva junto toda vez que parte, e te
faz oscilar entre a vida e a morte
em segundos de amor. Um alguém
cuja alma te pertence desde
sempre. Um dia um encontro
marcará o que somente os olhos
registrarão. Um dia,
inesperadamente , alguém anula o
resto do mundo para você. E você
descobrirá, rapidamente, que esse
alguém não poderia ser de mais
ninguém, e nem você.”

Nenhum comentário: